artesanato
Quem tem o artesanato como hobby sabe o quanto é gratificante (Pixabay)

Trabalhar faz parte das nossas atividades, porém ter um ou mais hobbies trazem benefícios para uma vida com bem estar. Conheça os 7 benefícios do hobby. Se ainda não tem crie um já! Se tem, parabéns e continue com ele!

Um estudo realizado em 2015 define hobby como as “atividades comportamentais auto-selecionadas e autogratificantes que ocorrem durante o tempo sem trabalho”. Os participantes desse estudo que se dedicavam às atividades de lazer demonstraram ser mais felizes e menos entediados. Também menos estressados e apresentaram taxas de doenças cardíacas mais baixas, segundo uma matéria publicada no Huffington Post.

E esse estudo mostrou também que ter um hobby é uma ótima maneira de aumentar a produtividade e o desempenho no trabalho, pois ajuda a impulsionar a criatividade e dar ao seu cérebro uma ruptura extremamente necessária.

jardinagem
Jardinagem pode ser um hobby gostoso, seja para o cultivo de flores ou hortaliças (Pixabay)

Há muitos benefícios para quem tem um hobby. Confira cada um deles.

  1. Incentivo à pausa. Essa é necessária para a mente e durante a atividade desenvolve o propósito. É a tal da ruptura necessária citada acima.
  2. Estresse do bem. É o distresse que te motiva, que te mantém animado. Quando se faz algo que gosta ou ama, que faz sem o compromisso de cumprir prazo ou de receber o pagamento por isso, ou até que não tenha motivo para a atividade, provoca uma onda de alegria e satisfação. A gente nem vê a hora passar, não é verdade?
  3. Convite ao desafio. Aprender novas técnicas, aprimorá-las, ver novas formas de fazer a coisa, trazem o distresse. É um desafio diferente do trabalho. Ele abre novas portas e a oportunidade de ver um mundo novo. Ele ensina a lidarmos com a competitividade saudável. É como aprender a andar de bicicleta na infância. O aprendizado pode ser difícil, mas é compensador. A alegria de quando se consegue andar sem as rodinhas auxiliares justifica todo o esforço.
  4. Desenvolve ficar no presente. O tal do mindfulness tão pregado no mundo é isso. A gente se sente presente no momento da atividade do hobby. É o foco, sem esforço, com alegria. Não sente o tempo passar, entra no fluxo.
  5. Distância do estresse diário. Tomar umas horas do dia ou da semana para o hobby nos distanciam do estresse diário. É um momento de relaxamento e de descontração. Faz com que as tensões desapareçam, as preocupações fiquem de lado e se concentra na atividade.
  6. Relacionamentos melhores. Se praticamos algo em grupo, mesmo que sejam pessoas com as quais não temos intimidade, estamos ligadas a ela por esse elo da atividade. Se frequenta uma academia de dança ou um curso de fotografia, sabe do que estou falando. Por outro lado, se pratica o hobby junto com o parceiro ou a parceira, por exemplo, na cozinha, conversam, riem e se desestressam juntos. Criam um objetivo juntos, superam desafios juntos e dialogam. É uma grande oportunidade! Se pratica o hobby sozinho, sente alegria em mostrar o que fez, como um trabalho de marcenaria de fim de semana. Receber elogios dos familiares ou dos amigos é sempre muito gostoso para o coração.
  7. Saúde física. O estudo descobriu que o envolvimento em atividades agradáveis durante o tempo de inatividade foi associado à pressão arterial mais baixa, cortisol, interfere até na circunferência da cintura e índice de massa corporal. Participar das atividades também correlacionou-se com níveis mais altos de estados psicossociais positivos e níveis mais baixos de depressão e afeto negativo. Ajuda a evitar o Alzheimer. Os hobbies são, portanto, muito bons para a mente e corpo!

Viu só quanta coisa maravilhosa promove um hobby? Ele nos ajuda a melhorar a nossa qualidade de vida. Por isso, é muito importante para o adulto, mas especialmente para as crianças. Para quem tem filhos, a dica é estimulá-los para os seus hobbies. Afinal, já fomos crianças e nada mais chato do que ter uma agenda cheia de compromissos para só estudar.

musica
Aquele instrumento parado pode estar te esperando (Pixabay)

Como desenvolver um hobby

  • Pergunte-se: “o que mais gosto de fazer?”. Pense nos seus talentos naturais como cantar, desenhar, tocar música, etc. Não coloque obstáculos para isso.
  • Quanto vou gastar? Se não escolher um hobby tão caro como colecionar carros importados, pode começar com pouco orçamento. Separe uma conta só para isso. Vai valer a pena! Em geral, saiba que não é preciso investir fortunas para começar.
  • Atitude mental positiva. “Vou começar já!” é uma atitude mental que irá ajudar. Busque informações na internet, peça ajuda às pessoas, procure e encontrará.
  • Quando se propuser a fazer, as coisas já começam a acontecer. Por isso, o hobby é um investimento e não uma despesa. Você vai investir num tempo para praticar algo que te dará prazer. E tem mais, trará benefícios para a saúde física e mental. O que gastaria com doenças, invista num hobby!
  • Iniciativa. Comece agora!
caminhar
Movimentar-se faz bem ao corpo, mente e espírito (Pixabay)

Você pode escolher aprender cozinha saudável, jogar vôlei, caminhar, pintar, cantar, tocar algum instrumento, cuidar de um pet, escrever, ler, ter uma atividade voluntária, aprender a dançar, viajar, ler, etc. Enfim, reserve um tempo para isso e ganhará disciplina, alegria, bem estar e qualidade de vida.

Espero que tenha gostado do post de hoje. Se sim, compartilhe com seus amigos, por favor. Se não, deixe seu comentário.

Um grande abraço cheio de luz e energia!

#tofelizdavida

Sete benefícios do hobby
Classificado como:        

Comentários no Facebook

Pular para a barra de ferramentas