money_flickr

Vou reproduzir aqui pra você o que li no site Região Noroeste, baseado em pesquisa.

” Dinheiro pode, sim, comprar felicidade. É o que diz um estudo da universidade de Cambridge, no Reino Unido. 

Os pesquisadores analisaram quase 77 mil transações financeiras de 625 participantes – ou seja, foi consensual – e descobriu que as pessoas mais felizes são as que compravam coisas que tinham afinidade com suas personalidades. O estudo foi publicado na revista Psychological Science Today, informa o site ITV.

Tanto os gastos quanto a personalidade das pessoas foram divididas de acordo com os mesmos critérios: Abertura à experiência, conscienciosidade, extroversão, afabilidade e neuroticismo. As pessoas consideradas mais felizes foram as que gastavam de acordo com seus traços de personalidade.

Por exemplo, pessoas afáveis (afabilidade) gastando dinheiro com bichos de estimação. Ou pessoas extrovertidas (extroversão) gastando dinheiro quando sai para comer e beber em um bar.”

Pois bem, não sei porque dinheiro não pode ser associado à felicidade como se fosse um grande “pecado”. Não acredito que ele compre a felicidade, porque essa que a gente busca tanto, é um estado de ser. E isso não pode ser comprado, tem que ser adquirido ao longo de muitas práticas de bem estar. Entretanto, uma alegria sem igual pode ser comprada sim, adquirida sim. Dinheiro nos traz liberdade, nos proporciona bem estar sim.

Polêmica: Dinheiro compra felicidade sim, diz estudo
Classificado como:        

Comentários no Facebook

Pular para a barra de ferramentas