worshipping-god-2101347_960_720
Gratidão! Ah que delícia! (Pixabay)

Desenvolver o hábito da gratidão não nos toma tempo (é grátis 🙂 ) e podemos fazer isso em qualquer lugar, em qualquer situação. Como desenvolver o hábito e porque praticar?!

E quais são os benefícios da prática diária da gratidão? São inúmeros! Basta começar para sentir o quanto isso acalma o coração e ajuda imensamente no desenvolvimento de uma vida com mais qualidade.

Cientistas que atuam na psicologia, no comportamento humano e na neurociência vêm estudando o poder da gratidão. Inclusive, os médicos que costumam ser mais céticos, já sabem que pacientes com gratidão superam melhor o seu quadro de doença para a cura.

O sentimento combinado com uma nova percepção pode abrir muitas portas. Por exemplo, o ser humano tende a não perceber o seu corpo. Isso acontece quando algo falha, como uma dor de cabeça ou dor de estômago. Aí ele percebe que a cabeça existe ou que o estômago existe. Caso contrário, todos os órgãos e todo o corpo é uma obviedade. No entanto, todos os sistemas complexos que possuímos funcionam como uma máquina perfeita, um colaborando com o outro. E deveríamos agradecer desde as pequeníssimas células que formam todo esse sistema.

body
Lembrar de agradecer cada DNA, cada osso, cada celulazinha do nosso corpo perfeito! (Maxpixel)

Segundo a revista Super Interessante temos 25 bilhões de neurônios e temos mais de 220 bilhões de células. Só de pele temos cerca de 3 quilos, o coração bate 110 mil vezes por dia e temos 97 mil Km de veias, artérias e vasos capilares, o que daria 3 voltas no Planeta. Wow! E vem a pergunta que não quer calar: você agradece por tudo isso e muito mais?

  1. Pessoas gratas têm mais saúde! Segundo uma pesquisa publicada no Personality and Individual Differences, pessoas gratas têm menos dores e apresentam mais saúde física. Também, não surpreendentemente, gerenciam melhor a saúde, realizando exames com regularidade, praticam exercícios físicos e, por isso, têm mais longevidade.
  2. A gratidão melhora os relacionamentos. Segundo um estudo publicado na Emotion, em 2014, dizer “obrigado” não é só uma questão de boas maneiras, mas de conquistar novos amigos. A gratidão abre novas portas para os relacionamentos quando a pessoa agradece por alguém ter lhe aberto a porta, quando se envia um cartão de agradecimento ou quando agradece por ter sido ajudado no trabalho, detectou a pesquisa.
  3. A gratidão melhora a saúde psicológica.A gratidão reduz uma multidão de emoções tóxicas, que vão desde inveja e ressentimento até frustração e arrependimento“. O PhD Robert A. Emmons, um importante pesquisador de gratidão, realizou vários estudos sobre o vínculo entre gratidão e bem-estar. Sua pesquisa confirma que a gratidão efetivamente aumenta a felicidade e reduz a depressão.
  4. A gratidão aumenta a empatia e reduz a agressão. Pessoas gratas são mais propensas a comportar-se de forma pró-social, mesmo quando outras se comportam de forma menos amável, de acordo com um estudo de 2012 da Universidade de Kentucky. Os participantes do estudo que tiveram classificação maior na escala da gratidão eram menos propensos a retaliar contra os outros, mesmo quando recebiam feedback negativo. Eles experimentaram mais sensibilidade e empatia em relação a outras pessoas e um menor desejo de se vingar.
  5. Pessoas gratas dormem melhor! Escrever em um diário da gratidão melhora o sono, de acordo com um estudo de 2011 publicado na Applied Psychology: Health and Well-Being (Psicologia Aplicada: Saúde e Bem-estar). Tome apenas 15 minutos anotando alguns sentimentos gratos antes de dormir e você poderá dormir mais e melhor.
  6. Gratidão melhora a autoestima! Um estudo de 2014 publicado no Journal of Applied Sport Psychology descobriu que a gratidão aumentou a auto-estima dos atletas, que é um componente essencial para um ótimo desempenho. Outros estudos mostraram que a gratidão reduz as comparações sociais. Em vez de se ressentir com as pessoas que têm mais dinheiro ou melhores empregos – o que é um fator importante na redução da autoestima – as pessoas gratas são capazes de apreciar as realizações de outras pessoas.
  7. A gratidão aumenta o poder mental. Durante anos, a pesquisa mostrou gratidão não só reduz o estresse, mas também pode desempenhar um papel importante na superação de um trauma. Um estudo de 2006 publicado em Behavior Research and Therapy descobriu que os veteranos de guerra do Vietnã com maiores níveis de gratidão experimentaram taxas mais baixas de Transtorno de Estresse Pós-Traumático. Um estudo de 2003 publicado no Journal of Personality and Social Psychology descobriu que a gratidão foi um dos principais contribuintes para a resiliência após os ataques terroristas em 11 de setembro. Reconhecendo tudo o que você tem de gratidão – mesmo durante os piores momentos da sua vida – promove a resiliência.
  8. A gratidão melhora nossa personalidade. Esse sentimento potencializa a nossa mudança de vida. As pessoas se tornam mais otimistas, menos materialistas, mais espiritualizadas, menos centradas em si, se tornam mais felizes.
  9. Gratidão ajuda a reduzir a depressão. Estudos nos Estados Unidos revelaram que as pessoas que escreveram e entregaram cartas de gratidão às pessoas que já foram gentis com elas – mas nunca agradecidas – mostraram um impulso na felicidade e uma diminuição da depressão.
  10. Gratidão cria um ciclo de positividade. Os pesquisadores da Harvard Business School descobriram que “as pessoas mais felizes dão mais e dar faz as pessoas mais felizes, de modo que a felicidade e o ato de dar possam operam em um ciclo de feedback positivo (com pessoas mais felizes dando mais, deixam outras mais felizes, as quais se doam também”.
gratidao
Seja um painel, caderno ou pote, vamos praticar a gratidão com alegria, amor e criatividade! (Pinterest)

Gratidão: como praticá-la

Sabia que gratidão e grátis têm a mesma origem? Pois é, as duas palavras vêm do latim gratia, que significa graça ou agradável. É um reconhecimento por algo agradável que tenha recebido, sem obrigação ou amarras.

Já a palavra obrigado vem do latim obligatus, que tem uma conotação de ligação, de amarração. Ou seja, quando dizemos obrigado é o mesmo que “fico amarrado (ou ligado) ao que me fez”. Cria-se um elo (mesmo que bom) da dívida para com o outro, de quem recebeu o benefício. Ou seja, tem uma conotação de dever, enquanto que a gratidão tem a graça.

Então, vamos à prática!

Flickr
Com amor e alegria no coração para agradecer todos os dias (Flickr)
  • Agradecer pela vida! A primeira coisa que sugiro é agradecer pela vida ao despertar! Respirar é tão automático (pelo menos parece ser) que nem nos lembramos de agradecer as vias aéreas, os pulmões, o coração… e todo o nosso sistema perfeito! Que tal começar assim?
  • Agradecer por cada alimento. Atrás dele existe todo um processo de criação. Desde aquela semente colocada no solo, o cultivo que necessita do homem, do vento, do sol, da água, dos pássaros e abelhas, até a colheita. Depois tem a separação, o despacho, a distribuição, os funcionários do supermercado ou da quitanda… ufa! até chegar na nossa sacola. Depois, tem outro processo, que é o do preparo, onde se envolvem a faca produzida por alguém, o sal colhido por alguém, o azeite preparado pela natureza em conjunto com as mãos do homem. São vários ciclos. Daí, finalmente, antes de pegar no garfo e na faca, agradecer e abençoar cada um desses processos e ciclos, faz um bem danado para os trilhões de celulinhas esperando pra serem nutridas. Ah que alegria, que emoção, que graça!!!
  • Agradecer por todos da sua família. Cada um tem suas características boas, que nos confortam, que nos dão amor, que nos dão alegria, etc. Gratidão por cada um deles só faz com que esse círculo da amorosidade cresça.
  • Agradecer pelos amigos e colegas de trabalho por cada gesto, por cada ideia, só pela presença deles na nossa vida. Quando a gente passa a praticar isso, pessoas melhores vão surgindo na nossa vida. É incrível! A gente muda a antena com a gratidão, então sintoniza com pessoas da mesma frequência.
  • Gratidão por cada coisa que temos. Um dos motivos do sofrimento do ser humano é desejar o que não tem. Aquele carro que ainda não veio, aquela roupa, aquela joia… Quando a gente começa agradecendo desde o sabonete, a cortina, a poltrona, o travesseiro, o par de chinelos, etc., do fundo do coração, dá um conforto! Parece óbvio ter internet, ter um pão quentinho, ter um aparelho de ar condicionado. Mas não é. Gratidão por cada um e todas essas milhares de “coisas” que temos dentro da nossa casa.
  • Gratidão pelos gestos carinhosos, pela bronca ou pela crítica. A tendência é ficar feliz quando recebemos um gesto carinhoso. De achar que “tá podendo”. E o contrário, de ficar de mau humor ou chateado por uma crítica. Agradecer cada um desses acontecimentos só nos faz crescer e melhorar continuamente.
  • Escrever bilhetinhos ou cartões de gratidão pras pessoas pode fazer muito bem. Que tal pegar umas canetas coloridas e agir?
  • Com a gratidão, foco no presente. Com as orações ou manifestações de gratidão aprendemos a focar no presente, no aqui e agora. Isso nos dá uma sensação gostosa, de tranquilidade.
  • Ter um diário da gratidão. Eu gosto de escrever antes de dormir, pois assim, me sinto calma, tranquila e feliz. Porém, tem pessoas que preferem fazer isso pela manhã. Não importa o horário, manter um diário da gratidão faz disso um hábito positivo. Depois de 1 mês você vai se ver melhor, vai estar melhor e com a autoestima melhorada. Depois de um ano, então, os resultados são inúmeros. Aquela sonhada bolsa aparece, perdeu os quilos extras, aprendeu coisas novas, viajou… são tantos os benefícios que vem que você vai ficar impressionado. Sabe porque? Fazendo o diário da gratidão, a gente se conecta com o Criador. Penso assim. Espero que seja assim pra você também!
  • Pote da gratidão. Que tal pegar aquele vidro de azeitona ou palmito, decorar a tampa e o vidro? Ele pode se transformar num lindo pote. Cada vez que você bater o olho nele vai sentir calor no coração. A prática é simples: compre uns post its ou corte pequenos pedaços de papeis coloridos e escreva a gratidão. Pode até colocar data. Vá enchendo o pote. Quando ele ficar cheio, você pode esvaziá-lo e reler tudo de bom que aconteceu! E, começar tudo de novo!
  • Porquinho da gratidão. O renomado Robert Emmons, o expert em gratidão, sugere criar um potinho da gratidão. A cada gratidão, você coloca uma moeda no potinho. Quando ele se encher, faça doação para uma instituição de caridade ou para alguém que precise.
ideias
Inspire-se nas ideias para potes e diários da gratidão no Pinterest!

Como começar?

Pra começar vou te dar umas dicas. Faça perguntas pra si, algo do tipo que vou listar abaixo. Aí você começará a ver que uma folha de caderno é pouco para expressar tanta gratidão que você nem percebia! Agora, pegue um pedaço de papel ou um caderno, canetinhas coloridas ou não e mãos à obra!

Depois me conte como está sendo sua experiência, por favor! Comece assim: “Que pessoa, coisa (ou algo da lista) sou grata(o) hoje?”.

  1. Cheiro, aroma
  2. Amada(o), filhos, mãe, pai, irmãos… o que eles fizeram
  3. Tecnologia
  4. Cor
  5. Sabor
  6. Comida
  7. Música
  8. Exercício físico
  9. Algo da natureza
  10. Textura
  11. Habilidade
  12. Hobby
  13. Amigo(a)
  14. Bebida (chá, suco, água…)
  15. Passeio, viagem, lazer
  16. Conhecimento
  17. Toque
  18. Roupa
  19. História
  20. Calçado
  21. Carro
  22. Bolsa
  23. Maquiagem
  24. Tradição
  25.  Cerimônia
  26. Expressão
  27. Talento
  28. Faxina
  29. Combustível do carro
  30. Poupança
  31. Dinheiro e por aí afora, tem muita coisa!!!

Meu recadinho é: faça tudo com alegria, com prazer e com a certeza de que está encontrando um caminho melhor pra sua vida!

Alegria & Amor,

#tofelizdavida

Fontes: Forbes, Harvard, Robert Emmons e Newsweek   |    Imagens: Pinterest, Flickr e Pixabay

↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓ Comente e compartilhe com seus amigos, por favor! 🙂  ↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓

10 benefícios poderosos da gratidão e como praticar
Classificado como:            

Comentários no Facebook

Pular para a barra de ferramentas